O guia de eventos mais completo e atualizado do Porto

Top 11 - O que fazer no Porto

aqui vai encontrar onze sugestões imperdíveis para fazer no Porto

Top 10 - O que fazer no Porto
Monumentos, Restaurantes e Eventos Top 10 - O que fazer no Porto

Passe o dia apreciando as paisagens do Vale do Douro. Deguste vinhos de mesa, vinhos do Porto e azeites, desfrute de um almoço típico. Disfrute de um cruzeiro panorâmico pelo Douro. Visite as Adegas.  Navegue pelo rio Douro ao longo da rota dos antigos Barcos Rabelos. 

Monumento nacional, situado no centro histórico da cidade do Porto, classificado como Património Mundial pela UNESCO, o Palácio da Bolsa erguido pela Associação Comercial do Porto sobre as ruínas do Convento de S. Francisco tornou-se por excelência a sala de visitas do Porto, recebendo os mais ilustres visitantes, entre os quais, monarcas, Presidentes da República e ministros de quase todos os países, transformando este edifício no monumento mais visitado do Norte do País. 

Palácio da Bolsa do Porto
Palácio da Bolsa do Porto

A sua origem como qualquer prato típico tem raízes populares e muitas são as histórias a volta desta famosa iguaria. Parece haver um consenso em atribuir esta invenção a Daniel David Silva um minhoto das Terras de Bouro que após ter estado emigrado na Bélgica foi parar a um Restaurante na Rua do Bonjardim no Porto de seu nome “Regaleira”.

Consta que a criação da mítica Francesinha à moda do Porto terá sido por volta de 1952 e que na sua forma original era servida com bife de perna de porco assada em pão bijou. Esta terá sido inventada logo após ao fracasso de tentar implementar “croque monsieur” junto dos portuenses.

Reza história que o nome Francesinha deve-se ao facto de Daniel David Silva afirmar que : “A mulher mais picante que conheço é a francesa” ou talvez pela sua inspiração ter sido na culinária gaulesa.

Actualmente o Restaurante Regaleira encontra-se encerrado desde 2018 

Aqui apresentamos-lhe A sua origem, a melhor receita de Francesinha Original, os melhores restaurantes no Porto onde comer esta iguaria.

francesinha a moda do Porto
francesinha a moda do Porto

O Museu de Serralves é o mais importante museu de arte contemporânea em Portugal, projetado pelo arquiteto Siza Vieira e situado nos espaços únicos da Fundação de Serralves, que incluem um Parque e uma moradia. A apresentação a públicos diversificados da obra dos mais conceituados artistas dos nossos dias, o reforço dos laços com a comunidade local e a promoção da reflexão em torno das relações entre a arte e o ambiente, intrínsecas ao contexto de Serralves, são atividades nucleares inerentes à missão do Museu.

Monumentos e Atrações Turísticas no Porto
Monumentos e Atrações Turísticas no Porto

De acordo com Amália Rodrigues, “O que interessa é sentir o fado. Porque o fado não se canta, acontece. O fado sente-se, não se compreende, nem se explica.”

Aqui apresentamos algumas sugestões das melhores Casas de fados do Porto com ou sem jantar.

 

taberna real do fado
As melhores casas de Fado do Porto

A Igreja dos Clérigos é uma genuína obra barroca de meados do séc. XVIII, concebida por Nicolau Nasoni, arquitecto de origem italiana que deixou a sua marca em muitos monumentos do Porto e da região norte de Portugal. Nasoni encontra-se sepultado, a seu pedido, numa pequena capela.

Toda a frontaria do templo mostra uma decoração barroca muito interessante, que vale a pena apreciar no detalhe. O interior em granito e mármore e revestido de talha barroca revela igualmente a mestria do seu arquitecto. Na capela-mor, destaca-se um retábulo policromado de Manuel Porto.

Mas o elemento mais marcante deste conjunto é a Torre construída em pedra de granito que se ergue a partir do topo ocidental do corpo da igreja. Inconfundível ex-libris da cidade e extremamente esbelta nos seus 75m de altura, a Torre desenvolve-se em lances ritmados que terminam num coroamento de decoração barroca.

Neste espaço existe uma propriedade muito elegante, a Casa Andresen, de cuja família saíram escritores portugueses muito importantes: Sophia de Mello Breyner Andresen e Ruben A.

Durante dezenas de anos, a Casa Andresen foi a sede do Departamento de Botânica da Faculdade de Ciências, que continuou a apostar no aumento das espécies de plantas deste jardim.

Hoje em dia, o Jardim Botânico do Porto é importante por possuir um conjunto de plantas que são raras, nomeadamente de plantas exóticas.

jardim botanico porto
Jardim Botânico do Porto

A Livraria Lello é uma porta viva de acesso à história: pela preservação do edifício, pela manutenção da sua função original como livraria, pelo papel de embaixadora da cultura e pela dinâmica cultural que continua a imprimir na cidade.

Há mais de um século que a Livraria Lello tem sido uma importante vitrine da literatura portuguesa, tanto a nível nacional como internacional, ajudando a exportar a literatura portuguesa para o resto do mundo.

O interesse crescente pela Livraria Lello foi catapultado, na última década, para a esfera mundial com a sua recorrente nomeação como “a mais bela livraria do mundo” por agentes de informação de elevado reconhecimento internacional.

A Livraria é um espaço centenário, conseguindo manter o seu espírito jovem e irreverente ao longo do tempo. Hoje, continua a cultivar relações em torno dos livros.
livraria lello porto
Livraria Lello

Na Casa S. Roque terá uma experiência única com uma oferta de obras de arte contemporânea, a arquitetura da casa, a sua história e o seu jardim. A Casa S. Roque está localizada no Parque S. Roque, na zona oriental da cidade do Porto, e apresenta um programa de arte contemporânea que inclui obras de artistas de todo o mundo. A Casa S. Roque teve uma intervenção, entre 1900 e 1911, do arquiteto José Marques da Silva e é agora uma ex-libris deste período de casas no Porto, pelas suas características arquitetónicas e decorativas, onde o seu jardim de inverno é verdadeiramente único. O Parque S. Roque, com mais de 4 hectares, teve uma intervenção do jardineiro histórico do Porto, Jacinto de Matos. Hoje, as suas 200 camélias, gruta, mirante e caramanchão permanecem como sinais importantes dos jardins da época.

Casa de São Roque
Casa de São Roque

A Igreja de São Francisco foi construída no no século XIV, durante o reinado de D. Fernando, no lugar de um templo modesto pertencente à ordem dos franciscanos que se tinha estabelecido na cidade do Porto em 1223.

O plano da Igreja obedece às regras do estilo gótico mendicante, ou seja, igreja de três naves, transepto saliente e cabeceira tripartida, com a capela-mor num plano mais profundo. No entanto, alguns elementos inovadores foram introduzidos como a decoração de bolas nas frestas da capela-mor.

No séc. XVI, João de Castilho desenhou a Capela de São João Baptista, mas foi durante o século XVIII que se realizou a campanha de obras mais significativa e que daria a este templo o esplendor barroco preservado até aos dias de hoje, parecendo uma igreja coberta de ouro, devido à abundância de talha dourada.

Entre os trabalhos de talha que se encontram no interior, de destacar o notável retábulo da capela-mor dedicado à Árvore de Jessé, reformulado entre 1718 e 1721 por Filipe da Silva e António Gomes.

Igreja de São Francisco no Porto história arquitetura
Igreja de São Francisco no Porto

Conhece este tesouro escondido na cidade do Porto? Uma mistura de Palácio de Versalhes e Igreja de São Francisco.

Foi a residência de Fernando de Castro (1889–1946), negociante, poeta, caricaturista e sobretudo colecionador, que se interessou pelas mais diversas formas de arte.

Recheou a sua casa de pintura, escultura e particularmente de talha com a qual decorou todo o seu interior, conferindo-lhe um aspeto absolutamente singular.

A biblioteca, onde podem encontrar-se obras de valor bibliográfico, dá-nos uma ideia da diversidade dos seus interesses.

Tendo falecido sem testamento, sua irmã e herdeira, Maria da Luz de Araújo e Castro, fez uma doação ao Estado de todo este espólio sob a designação de Casa Museu Fernando de Castro, a qual depende administrativamente do Museu Nacional de Soares dos Reis, desde a sua fundação em 1952.

Casa Museu Fernando de Castro
Casa Museu Fernando de Castro

O palácio foi erguido em estilo barroco, com influências portuguesas e traços pessoais de Nasoni. O acentuado declive do terreno não impediu Nasoni de tirar partido da riqueza cenográfica envolvente. Além de ter aproveitado este fator, também rodeou a casa com terraços dispostos em planos diferentes, constelados de jardins recheados de esculturas e fontanários.

Palácio do Freixo - Porto
Palácio do Freixo - Porto

Top 11 – O que fazer no Porto

Newsletter

Sabe qual é a origem do nome Castelo do Queijo ou da expressão “Fino como o alho”? (…)

Tours no Douro

Disfrute de um cruzeiro panorâmico pelo Douro. Visite as Adegas  Navegue pelo rio Douro ao longo da rota dos antigos Barcos Rabelos.
Aqui pode encontrar as melhores casas de fado da cidade. Espectáculos de fado (Segunda a Domingo)