Os melhores Jardins e Parques do Porto

Relaxe nos melhores Jardins e Parques do Porto

Casa de São Roque/Parque de São Roque

A Casa de São Roque é nos dias de hoje um Centro de Arte Contemporânea inserida no Parque de São Roque (ou Quinta da Lameira) com mais de 4 hectares de área.  Uma antiga propriedade da família Calém.

Parque da Cidade

Parque da Cidade é o maior parque urbano do país, com uma superfície de 83 hectares que se estendem até ao Oceano Atlântico.

 É constituído por uma paisagem arquitectada por Sidónio Pardal, com lagos, flora e fauna variada, integrada no tecido da cidade. 

Jardins do Palácio de Cristal

Estes jardins românticos foram projectados na década de 1860 pelo paisagista alemão Émile David, para envolver o então Palácio de Cristal, substituído pelo Pavilhão Rosa Mota na década de 1950.

Jardim de Serralves

O Parque de Serralves tem 18 hectares e é composto por uma grande diversidade de magníficos espaços harmoniosamente interligados: jardins formais, matas e uma quinta tradicional. Projetado pelo arquiteto Jacques Gréber nos anos 30 do século XX, é uma referência singular no património da paisagem em Portugal. 

Jardim Botânico do Porto

O Jardim Botânico do Porto assume hoje importância pela sua vertente botânica, possuindo um conjunto significativo de espécies quer pela sua raridade quer pela sua dimensão, nomeadamente espécies exóticas. 

Parques e Jardins no Porto

Os “Pequenos Paraísos” dentro da cidade do Porto. Para fazer caminhadas ou correr, passear os cães ou simplesmente ler um bom livro.