Paço Episcopal do Porto

Tesouro Arquitectónico

Paço Episcopal do Porto foi o primeiro verdadeiro palácio do Porto pela sua escala arquitetónica.

Paço Episcopal do Porto

Situado em local privilegiado, junto à Sé do Porto, o Paço do Bispo é, pela sua escala arquitetónica, conceção e riqueza ornamental, o primeiro verdadeiro palácio do Porto, e é um dos exemplares mais significativos da arquitetura tardo-barroca em Portugal. Sendo ainda hoje residência do bispo do Porto e sede da cúria diocesana, a parte mais monumental do edifício está aberta ao público. O percurso expositivo leva o visitante pela famosa escadaria a uma sucessão de salas de audiência, onde estão expostas peças representativas do seu diversificado espólio. De destacar ainda as magníficas vistas sobre a cidade.

A sua história...

Atribui-se com frequência a iniciativa da construção do Paço Episcopal do Porto ao bispo D. Fr. João Rafael de Mendonça, que implicou a demolição total do antigo Paço e a encomenda deste novo projecto. No entanto, a construção da obra ir-se-ia prolongar durante vários anos e o bispo não chegaria a vê-la completa. Ainda assim, muitos trechos do traçado original foram alterados e outros terminados à pressa em prejuízo do conjunto global, estrutura, clareza e unidade arquitectónica.

Porém, é consensual a influência de Nicolau Nasoni no alçado da frontaria, projectando-se em duas fachadas facilmente reconhecidas, a de ocidente e a de sul. Deste bloco, de digna imponência, majestosa e elegante mas não pesada, rasgam-se dezenas de janelas barrocas. Perto da Sé Catedral, sobre penhascos colossais, a fachada principal ficou a mais baixa.

Forem feitas várias obras de reconstrução do paço, tendo sido uma das mais importantes aquela efectuada pelo bispo D. Luís Pires, ao qual se deve o mérito de aumentar e organizar a importante biblioteca. A mais profunda remodelação seria durante a idade barroca, da iniciativa do Cabido da Sé.

Entre 1916 e 1956, sediou a Câmara Municipal do Porto, enquanto a remodelação da Praça da Liberdade e construção dos novos Paços do Concelho ocorreram.

Actualmente este paço pertence ao Estado e foi recentemente recuperado.

Descrição do Paço Episcopal do Porto

No eixo da composição ergue-se o conjunto portão-janela de honra. O brasão de armas, em pedra, sobrepõe-se ligeiramente ao friso do entablamente que decora a frontaria e acima do beirado eleva-se um frontão curvo e ornamentando, como coroamento do monumental eixo. O brasão é flanqueado de larga decoração. Sobre as lojas, para as quais se abrem cinco portas almofadadas e sete janelas baixas e gradeadas, avistam-se as 24 janelas do andar nobre, 12 de cada lado, unidas verticalmente duas a duas, alternando-se os ornamentos: uns festivos e outros menos ornamentados; cada uma destas janelas abre para varandins guarnecidos de ferro forjado e desenho delicado.

O interior é composto por amplos salões, alguns exuberando excelentes peças de mobiliário, muitas salas, muitos quartos característicos da época anterior à sofrida expropriação. No fundo do vestíbulo desenvolve-se a escadaria nobre, com decoração mural bem posterior à do início do projecto, embora surpreendentemente concordantes no seu conjunto, tectos, lanternim, patamares, corrimões, a entrada do andar nobre, um verdadeiro portal palaciano.

Paço Episcopal do Porto

Localização, Horário e Preço

  Preço:  5€ para maiores de 10 anos. (Obtenha 35% de desconto com o Porto card  )

 
Paço Episcopal do Porto 3

Paço Episcopal do Porto

Locais Próximos de interesse:
Museu Nacional de Soares dos Reis

Museu Nacional de Soares dos Reis

História & Museus
O Museu Nacional de Soares dos Reis é o primeiro museu público de arte do país, tendo sido fundado em 1833 sob a égide do liberalismo
catedral sé do porto

Catedral da Sé do Porto

Monumento Barroco

Construída na parte mais alta da cidade, a Catedral da Sé de Porto é o edifício religioso mais importante do Porto
Estação de São Bento Porto

Estação de São Bento

História & arquitectura
A primeira pedra foi lançada em 1900 pelo rei D. Carlos I, no local onde antes se encontrava o antigo convento de S. Bento de Avé Maria.
Igreja de São Francisco no Porto
Igreja de São Francisco no Porto
Monumentos Históricos
 A construção iniciou-se no século XIV como parte de um convento Franciscano. É notável pelo seu conjunto de talha dourada barroca do século XVIII
Palácio da Bolsa do Porto
Palácio da Bolsa do Porto
História & arquitectura
Com uma mistura de estilos arquitectónicos o edifício apresenta em todo o seu esplendor, traços do neoclássico oitocentista, arquitectura toscana, assim como o neopaladiano inglês.
As origens da Livraria Lello remontam a 1881, quando os irmãos José e António Lello abriram, no Porto, um estabelecimento dedicado ao comércio e edição de livros. (…)
Fica a par das novidades!