Bienal Internacional de Arte de Gaia 2021

A quarta Bienal regressa à Fiação de Lever (antiga Companhia da Fiação de Crestuma). É o local que acolherá a melhor Bienal de sempre, em 3 espaços que respiram o passado industrial de Gaia.

Bienal Internacional de Arte de Gaia 2021 2

Treze exposições e 500 artistas de 17 nacionalidades

O cartaz do evento prolonga-se até 10 de julho e vai incluir, ainda, debates, colóquios, ateliers, entre outras iniciativas culturais e recreativas.

“A quarta edição desta bienal acontece num ano desafiante, em que os artistas são chamados a expressar emoções e reações à pandemia, ao confinamento, ao impacto do [novo] coronavírus na nossa sociedade. Este ano, mais do que nunca, a Bienal de Causas defende ainda mais as causas que nos definem enquanto indivíduos e atores sociais”, descreve o diretor da iniciativa, Agostinho Santos.

Bienal Internacional de Arte de Vila Nova de Gaia ocupa três pavilhões, num total de seis mil metros quadrados, na antiga fiação de Crestuma, em Lever, local que acolheu esta iniciativa em 2019.

Já no resto do país, são oito os polos de exposição: Alfândega da Fé, Esposende, Funchal, Gondomar, Monção, Santa Marta de Penaguião, Viana do Castelo e Vila Flor.

 

Bienal Internacional de Arte de Gaia 2021

Programação | Bienal Internacional de Arte de Gaia 2021

A 4ª Bienal Internacional de Arte Gaia 2021 será composta por  13 exposições a decorrer em Vila Nova de Gaia e 8 polos a terem lugar noutros municípios. Serão realizados simultaneamente debates, colóquios, ateliês e outras iniciativas culturais e recreativas.

EXPOSIÇÃO CONCURSO INTERNACIONAL

Prémios:

– Grande Prémio da Bienal / Câmara Municipal de Gaia (5.000 €)

– Prémio de Escultura Zulmiro de Carvalho / Câmara Municipal de Gondomar (5.000 €)

– Prémio Águas de Gaia (5.000 €)

Concorreram 212 artistas de 17 nacionalidades

ARTISTA HOMENAGEADO: ALBUQUERQUE MENDES

– Curadoria de Paula Pinto

Exposição antológica “EU, Albuquerque Mendes – Obras na Coleção de Serralves”

ARTISTA HOMENAGEADO: PAULO NEVES

– Curadoria de Manuela Hobler

Exposição antológica

EXPOSIÇÃO ARTISTAS CONVIDADOS

– Curadoria de Agostinho Santos

Exposição coletiva

EXPOSIÇÃO CONCURSO CORONAVÍRUS NÃO DESTRÓI A CRIATIVIDADE

Subordinado ao tema “Coronavírus: reações e consequências”

Concorreram 176 artistas de 8 nacionalidades

EXPOSIÇÃO A DEMOCRACIA É UMA OBRIGAÇÃO DE TODOS OS DIAS

– Curadoria de Valter Hugo Mãe

Exposição coletiva: 25 artistas plásticos + 25 escritores = 25 obras de Abril

EXPOSIÇÃO PAZ E A CONSTITUIÇÃO

– Curadoria de Ilda Figueiredo

Exposição coletiva

EXPOSIÇÃO NOVOS ORIENTES – ÁLVARO SIZA E CARLOS CASTANHEIRA

– Curadoria de Manuel Novaes Cabral

MoAE – Museum of Art Education, em Huamao (Ningbo, China), de Álvaro Siza e Carlos Castanheira

Um museu pequeno em tamanho, com uma alma imensa. Prémio Archdaily, na categoria Cultural Architecture Building of the Year 2021

EXPOSIÇÃO INFINITUDE DA LUZ

– Curadoria de Filipe Rodrigues

Exposição coletiva de artistas japoneses

EXPOSIÇÃO MUSEU DE CAUSAS / COLEÇÕES AGOSTINHO SANTOS

– Curadoria de Humberto Nelson

Exposição coletiva

EXPOSIÇÃO VIDAS MARCADAS – JORGE MARINHO

– Curadoria de

Exposição individual de Jorge Marinho sobre a violência doméstica

EXPOSIÇÃO NOVO DICIONÁRIO COVID

– Curadoria de António Rocha

EXPOSIÇÃO AMORIS LAETITIA / A ALEGRIA DO AMOR

– Curadoria de António Coelho e Bruno Marques

Exposição coletiva no Mosteiro de São Salvador de Grijó – 16 de julho a 16 de setembro

Contactos: 
  • Quinta da Fiação de Lever (Antiga Companhia de Fiação de Crestuma) 41°03’52.6″N 8°29’17.5″W

Artistas de Gaia
Gabinete da Bienal

Praceta Salvador Caetano / Avenida da República 

(junto à estação de General Torres)

Telm: 960 292 262    E-mail: [email protected]

Bienal Internacional de Arte de Gaia 2021

Fica a par das novidades!

O porto de Artur Pastor

O Porto de Artur Pastor

Fotografia

Ribeira do Porto década de 50 / 60 por Artur Pastor.
O fotógrafo construiu uma extensa obra que serviu de base à fototeca ministerial, com mais de 10.000 imagens documentando todo o tipo de trabalhos, espécimenes e cenas agrícolas
Sabe qual é a origem do nome Castelo do Queijo ou da expressão “Fino como o alho”? (…)
Louise Bourgeois - Deslaçar um Tormento

Louise Bourgeois - Deslaçar um Tormento

Serralves
Até dia 20 de junho de 2021
Louise Bourgeois foi uma das maiores artistas do século XX fortemente influenciada pelo surrealismo, pelo primitivismo e por escultores modernistas

Bienal Internacional de Arte de Gaia 2021

Programação