Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

O guia de eventos mais completo e atualizado do Porto

Casa da Arquitectura

Festa de três dias para celebrar quatro anos

programação intensa e de acesso gratuito 19 a 21 de novembro

A Casa da Arquitectura vai comemorar com uma grande festa o quarto ano de vida nas instalações do Quarteirão da Real Vinícola, em Matosinhos. Serão três dias de programação intensa e de acesso gratuito, de 19 a 21 de novembro, que contarão com 35 eventos a decorrer durante sexta-feira, sábado e domingo.
Como habitualmente, será possível participar em visitas orientadas e inclusivas às exposições e espaços da Casa, atividades para crianças e famílias, assistir a performances artísticas e a um conjunto de debates e apresentações. Muitas das atividades vão decorrer na área à volta do Quarteirão da Real Vinícola, onde haverá tendas de Street Food para os visitantes.
O Aniversário oferece, logo a partir das 10h00 de sexta-feira, muitas oportunidades para participar em visitas orientadas às exposições patentes na Casa, respetivamente “Radar Veneza ‐ Arquitetos Portugueses na Bienal 1975‐2021” e “What? When? Why not? Portuguese Architecture” – uma delas, na sexta-feira, às 19h00, orientada pelos DepA Architects, que este ano assinaram a representação portuguesa na Bienal de Arquitetura de Veneza. O Arquivo da Casa também estará aberto a visitas com os técnicos ao longo do fim de semana .
Festa de três dias para celebrar quatro anos da Casa da Arquitectura
Na programação de sexta-feira (19H30 / 21H30) e sábado (19H30 / 21H00), destaque para a estreia “De Lugar Nenhum / From Nowhere”, performance de dança da Academia e Companhia de Dança de Matosinhos com instalação dos Moradavaga que pretende alertar para a maior crise humanitária desde a 2ª Guerra Mundial – a crise dos refugiados.
No sábado, o Serviço Educativo da Casa da Arquitectura vai trabalhar a Oficina “A Casa do Vento Chinfrim”. Samuel Silva e Duarte Amorim apresentam, a partir das 10h00, a instalação “Levitação”, um desenho de luz e som que cruza a arquitetura do espaço com versos da “Explicação das Casas” de Daniel Faria. Esta narrativa visual conta com a colaboração dos Haarvöl na sonoridade. Às 11h, os curadores Jorge Figueira e Bruno Gil fazem uma visita orientada à exposição “What? When? Why not? Portuguese Architecture”, a não perder.
Sábado é também um dia marcado pelas artes performativas: estreia, às 10h00, a performance urbana “Bodies in Urban Spaces” de Willi Dorner, com coprodução da Companhia Instável, um projeto que já foi realizado em mais de 110 cidades do mundo e que visita agora a cidade de Matosinhos. “Bodies in urban spaces é um trilho em movimento, coreografada para um grupo de dançarinos. Os dançarinos conduzem o público por partes selecionadas de espaços públicos e semi-públicos. Trata-se de uma cadeia de intervenções físicas montada muito rapidamente e que, existindo apenas temporariamente, permite ao espectador perceber o mesmo espaço ou lugar de uma forma nova e diferente – em movimento”.
Às 11h00 de sábado, a Companhia Radar 360º apresenta também pela primeira vez “Ponto‐Traço”, uma visita Deambulatória ao Quarteirão que se repete às 15h00 e no domingo de novo às 11h00 e às 15h00. Trata-se de uma visita-guiada performativa que se propõe “conduzir os públicos pelo edificado da Casa da Arquitetura, pelo seu espólio permanente e pelas suas memórias e histórias passadas, numa dinâmica teatral e circense”. Mas as estreias não se ficam por aqui. “Vizinhos”, por Daniela Cruz (Companhia Instável), traz até à Casa da Arquitectura um projeto que explora a relação da comunidade local de Matosinhos com a cidade e os seus habitantes.
Ainda no Sábado vai decorrer a Cerimónia de Assinatura da Doação de Acervo Teresa Fonseca à Casa da Arquitectura que conta com uma apresentação da obra e da arquiteta portuense por Nuno Lacerda Lopes.
O programa do dia de sábado prevê ainda, às 19h00, com uma Visita Orientada Inclusiva à Exposição “Radar Veneza”, por Ivo Poças Martins, com tradução para Língua Gestual Portuguesa, e, às 21h30, um Live-Act dos Haarvöl que habitará a instalação “Levitação”, de Samuel Silva e Duarte Amorim, com uma paisagem sonora imperdível.
Já no âmbito do Programa Paralelo da exposição “Radar Veneza”, vai realizar-se, às 21h30, o terceiro debate dedicado ao tema “Seleção” e que conta com a participação de Léa‐Catherine Szacka e Paula Santos, com moderação de Nuno Sampaio.
Domingo oferece uma oportunidade para ver ou rever vários eventos da programação, com destaque para a Visita Orientada Inclusiva à Casa da Arquitectura, às 14h00, que vai contar com Audiodescrição.
Ao longo de todo o fim de semana, uma seleção de edições Casa da Arquitectura ‐ Livraria e todo o Merchandising Casa estará à venda com 25% de desconto.
O acesso às atividades está sujeito à lotação dos espaços. O uso de máscaras é recomendado no perímetro do quarteirão e obrigatório nos espaços fechados.
Em caso de más condições atmosféricas ou motivos de força maior, os espetáculos poderão ser reagendados.
Marque na agenda e junte-se a nós!
Apoio: República Portuguesa – Cultura / Direção-Geral das Artes

Festa de três dias para celebrar quatro anos da Casa da Arquitectura

Fica a par das novidades!

O porto de Artur Pastor

O Porto de Artur Pastor

Fotografia

Ribeira do Porto década de 50 / 60 por Artur Pastor.
O fotógrafo construiu uma extensa obra que serviu de base à fototeca ministerial, com mais de 10.000 imagens documentando todo o tipo de trabalhos, espécimenes e cenas agrícolas
Sabe qual é a origem do nome Castelo do Queijo ou da expressão “Fino como o alho”? (…)
LOUISE BOURGEOIS DESLAÇAR UM TORMENTO

Louise Bourgeois - Deslaçar um Tormento

Serralves
Louise Bourgeois foi uma das maiores artistas do século XX fortemente influenciada pelo surrealismo, pelo primitivismo e por escultores modernistas

Festa de três dias para celebrar quatro anos

Casa da Arquitectura