Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

O guia de eventos mais completo e atualizado do Porto

25 de Abril de 1974 no Porto

“na manhã do dia 25 de Abril de 1974, a cidade acordou com colunas de militares em pontos estratégicos como a ponte da Arrábida, a Luiz I ou a Via Norte."

Romance do 25 de Abril - Teatromosca

Os portuenses que saíram de casa no dia 25  para trabalhar depressa voltaram para ligar a rádio, rápidamente uma multidão se juntou na Baixa em frente a Câmara e aos jornais.

O Comércio do Porto tinha um placard com notícias de última hora à porta, das poucas formas de estar na rua e ter acesso às novidades.

No início houve algum temor e tibieza na confrontação. Havia uma presença espontânea nas ruas. Depois, a desconfiança começou a desaparecer e as pessoas tomaram a rua como sua, com a certeza crescente de que o fascismo tinha caído e de que se podia estar na rua de forma livre e espontânea, expressando a raiva contida durante 48 anos”

Houve alguma indefinição na Baixa. A PSP teve uma posição inicial de confronto. O que se notava nas pessoas era uma espécie de bomba prestes a explodir. Aquela gente, que esteve uma série de anos habituada a olhar para as esquinas à espera de aparecer a polícia a carregar, de repente percebeu que o dono da rua era o povo”, descreveu Honório Novo à Lusa

25 de Abril de 1974 no Porto

Fica a par das novidades!

O porto de Artur Pastor

O Porto de Artur Pastor

Fotografia

Ribeira do Porto década de 50 / 60 por Artur Pastor.
O fotógrafo construiu uma extensa obra que serviu de base à fototeca ministerial, com mais de 10.000 imagens documentando todo o tipo de trabalhos, espécimenes e cenas agrícolas
Sabe qual é a origem do nome Castelo do Queijo ou da expressão “Fino como o alho”? (…)

25 de Abril de 1974 no Porto

Revolução no Porto 1974