O guia de eventos mais completo e atualizado do Porto

13º FESTIVAL PORTA-JAZZ

13º FESTIVAL PORTA-JAZZ

Um caldeirão de arte, música e humanismo.

O significado da expressão melting pot, na sua génese, descreve um fenómeno social, que abreviadamente se traduz nas diferenças étnicas de um determinado lugar e na forma como essas diferenças se dissipam, através da junção e interação de uma diversificada população, criando assim novos padrões de comportamento e novas realidades sociais e culturais. É também esta expressão usada muitas vezes para caracterizar universos mais restritos do que a população de um país ou de uma grande e cosmopolita cidade. Universos esses que podem ser pequenos como um quarteirão dessa mesma grande cidade ou liliputianos como uma manifestação artística emergente desse pequeno quarteirão.

Se apontarmos o foco deste preâmbulo para a palavra “quarteirão” e substituirmos o inglesismo melting pot pela palavra “caldeirão”, eis-nos num importante ponto de chegada, que sobretudo importa pela diversidade e riqueza dos pontos de partida que proporciona.

Esse ponto de chegada é um Caldeirão e parte, neste caso, de um quarteirão histórico da cidade do Porto para outro local histórico desta cidade, celebrando, assim, o novo espaço Porta-Jazz na Praça da República e a nossa maior e mais impactante manifestação artística, o 13º Festival Porta-Jazz no Teatro Municipal do Porto, Rivoli.

Esta décima terceira edição, à semelhança das edições anteriores, é a maior mostra do trabalho desenvolvido pela Porta-Jazz ao longo do ano. Numa programação que é o espelho de todas as interações e mistura de ingredientes que no caldeirão se vão cozinhando anualmente em lume contínuo, é incontornável e expectável a presença dos projetos editados em disco pelo Carimbo ou os frutos das residências que vão acontecendo e que também têm o seu espaço reservado no Festival. As encomendas que envolvem o cruzamento de músicos nacionais e internacionais, o resultado da parceria anual com o Guimarães Jazz e o Ensemble Porta-Jazz/Robalo, que resulta da igualmente parceria com a congénere lisboeta, Associação Robalo. A presença, neste caldeirão, de músicos internacionais, provenientes das parcerias e intercâmbios com a AMR, associação de músicos suíça com base em Genebra, e a sempre surpreendente proposta do festival austríaco Bezau Beatz ou do Katowice JazzArt na Polónia, é reforçada pela estreia da parceria com a plataforma Improdimensija de Vilnius, Lituânia, proporcionando, desta forma, à cidade o contacto com o melhor e mais atual jazz europeu.

Um 13º Festival Porta-Jazz que junta no Caldeirão 70 artistas em 17 concertos e que, mais uma vez, acontece nos dias 3, 4 e 5 de fevereiro, com a introdução este ano de uma sessão inaugural no dia 2 com um concerto e uma inauguração de uma exposição no novo Espaço Porta-Jazz.

Uma celebração da vivência e de um modo de estar e de viver o jazz e a música improvisada, que se apresenta como um paradigma do já falado melting pot ou, neste caso, Caldeirão e que traduz assim esta realidade de cruzamento de diferentes artistas e diferentes áreas artísticas. Um caldeirão que sempre esteve presente no Festival e na identidade da Associação, mas que, este ano, se redimensiona através do grande passo dado pela Porta-Jazz com a ocupação do novo espaço multiusos na Praça da Républica.

Um Festival que traduz toda esta dinâmica e que se alimenta do engenho, empenho e contribuição humana e artística de uma comunidade heterogénea quanto às gerações, correntes artísticas e origem dos elementos que nela se misturam.

Um caldeirão de arte, música e humanismo que tudo isto evoca durante estes primeiros dias de fevereiro.

A programação completa pode ser consultada em https://portajazz.com/fp.
Os bilhetes estão à venda na bilheteira do Teatro Municipal do Porto e on-line (tmp.bol.pt/), em formato de blocos de concertos: cada um dos sete blocos tem um bilhete único no valor de 7€ (50% para membros Porta-Jazz).
Os showcases e jam sessions no Café Rivoli são de entrada livre.
PROGRAMAÇÃO
1 fev.
Warm-up
Jam session
Zero Hotel
___________________________
2 fev.
21:00
Espaço Porta-Jazz
– Inauguração exposição Nuno Trocado, Sofia Sá e Susana Santos Silva
– Concerto Ensemble Robalo / Porta-Jazz
____________________________
3 fev.
Bloco 1 – 18:15
Pequeno Auditório, Rivoli
Pedro Neves Trio
Wabjie
__________________________
Bloco 2 – 21:30
Grande auditório, Rivoli
Gianni Narduzzi
Carlos Azevedo Quarteto
Café – concerto, Rivoli
23:30
Jam Session: Art´J
_____________________________
4 fev.
Bloco 3 – 16:00
Palco do Grande Auditório, Rivoli
Coletivo OSSO / Porta-Jazz
Sub-palco, Rivoli
Umbral
_____________________________
Bloco 4) – 18:15
Liudas Mockunas – Arnas Mikalkenas – Håkon Berre Trio
Eurico Costa Trio
__________________________________
Bloco 5 – 21:30
Grande auditório, Rivoli
Encomenda a Miguel Meirinhos
Alfons Slik
Café-concerto, Rivoli – 23:30
Jam session: ESMAE
_______________________________
5 fev.
Bloco 6 – 16:00
Palco Grande Auditório, Rivoli
Bode Wilson
Sub-palco, Rivoli
Liquify, Spread and Float
_____________________________
Bloco 7 – 18:15
Pequeno auditório, Rivoli
Into The Big Wide Open
293 Diagonal
_____________________________
Bloco 8 – 21:30
Grande auditório, Rivoli
AP Quarteto
Catarse Civil
Café-concerto, Rivoli – 23:30
Jam session: Conservatório de Música do Porto

13º FESTIVAL PORTA-JAZZ

Data

01 - 05 Fev 2023
Desde
Teatro Rivoli

Localização

Teatro Rivoli
R. do Bonjardim 143, 4000-440 Porto
Website
https://agendaculturalporto.org/agenda-teatro-rivoli-porto/
Credito habitacao
Segue a Agenda no Instagram!

Newsletter

Deixe um comentário

Translate »