O guia de eventos mais completo e atualizado do Porto

limites teatro do bolhão

LIMITES (um processo) no Teatro do Bolhão

LIMITES (um processo) no Teatro do Bolhão
15,16,17,19 e 20 de julho
Bilhetes disponíveis aqui
Quando há alguns meses um grupo de alunos(as) da ACE Escola de Artes me convidou para dirigir a sua Prova de Aptidão Profissional, fiquei agradavelmente surpreendido e procurei para mim mesmo quais as razões de tal escolha.

Tinha dirigido com estes(as) mesmos(as) alunos(as) o Projeto de Teatro Português baseado numa recolha de textos do grande pai do nosso teatro, Gil Vicente, feita pelo saudoso Deniz-Jacinto. Compreendi, então, que seria interessante terminar o ciclo da ACE com uma abordagem contemporânea do teatro e das inquietações que todos os dias nos assaltam.

A palavra-chave que entre as turmas tinha surgido foi a palavra/conceito “LIMITES”. Creio, e agora permitam-me uma nota de humor, não existir noção mais ilimitada do que “Limites”. Se, por um lado, ela se pode referir à frustração das barreiras que todos os dias nos são colocadas, pode, por outro, incentivar-nos a derrubá-las, constituindo-se, assim, um momento de superação, luta e vontade de mudança catárticos.

A escolha dos textos a trabalhar foi já consequência do processo. Os(as) alunos(as) foram convidados(as) a ser eles(elas) mesmos(as) a fazer propostas de trabalho. Surgiram, assim, textos de Karl Valentin, Martin Crimp, David Byrne e outros. Num determinado momento demo-nos conta de que não existiam textos escritos por mulheres, pelo que propus um cruzamento ente as escritoras e poetas Virgínia Woolf e Sylvia Plath versando a sua escrita e o seu posterior suicídio.

Não nos preocupamos com a coerência narrativa: Comédia, Drama e Tragédia coexistem na PAP, como na vida, aliás.

Chegamos, finalmente, a um “puzzle” que, creio retratar um pouco a sociedade em que vivemos. A fragmentação que sempre existiu (mas que só agora nos parece preocupar). Os problemas relativos ao Racismo, à Desigualdade Social, à Igualdade de Género, à Guerra Permanente e Não Declarada, à Resolução dos Problemas Ecológicos sem a qual não haverá futuro para a Espécie Humana.

Saberemos quais as consequências da Pandemia que atravessamos? Iremos aprender alguma coisa com este monstruoso aviso?

Que FUTURO para a HUMANIDADE?

PROMOTOR

Teatro Do Bolhão – Cent.De Form.E Prod.Teatral

Data

15 - 17 Jul 2021
Expired!

Hora

19:00

Localização

Teatro do Bolhão - Porto
R. Formosa 342 346, 4000-253 Porto
Anuncia-na-Agenda
Anuncia-na-Agenda

Newsletter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *