O guia de eventos mais completo e atualizado do Porto

IX PORTINGALOISE - Festival Internacional de Danças e Músicas Antigas 2023 Ciclo de Verão

IX PORTINGALOISE – Festival Internacional de Danças e Músicas Antigas 2023 | Ciclo de Verão

𝗜𝗫 𝗣𝗢𝗥𝗧𝗜𝗡𝗚𝗔𝗟𝗢𝗜𝗦𝗘 – 𝗙𝗲𝘀𝘁𝗶𝘃𝗮𝗹 𝗜𝗻𝘁𝗲𝗿𝗻𝗮𝗰𝗶𝗼𝗻𝗮𝗹 𝗱𝗲 𝗗𝗮𝗻𝗰̧𝗮𝘀 𝗲 𝗠𝘂́𝘀𝗶𝗰𝗮𝘀 𝗔𝗻𝘁𝗶𝗴𝗮𝘀 𝟮𝟬𝟮𝟯

 

CICLO DE VERÃO 19 – 24 SETEMBRO 2023 Armazém22, Vila Nova de Gaia

 

Mais info: https://portingaloise.pt/festival2023/ https://kale.pt/portingaloiseix/ [email protected]

𝗙𝗼𝗿𝗺𝘂𝗹𝗮́𝗿𝗶𝗼 𝗱𝗲 𝗶𝗻𝘀𝗰𝗿𝗶𝗰̧𝗮̃𝗼: https://bit.ly/IXPortingaloise_CicloVerao

 

P͟R͟O͟G͟R͟A͟M͟A͟Ç͟Ã͟O͟:

• 𝗥𝗲𝘀𝗶𝗱𝗲̂𝗻𝗰𝗶𝗮 𝗔𝗿𝘁𝗶́𝘀𝘁𝗶𝗰𝗮 19 a 22/set

• 𝗘𝘀𝗽𝗲𝘁𝗮́𝗰𝘂𝗹𝗼 “𝗗𝗼 𝗧𝗲𝗻𝘁𝗼 𝗮̀ 𝗧𝗲𝗻𝘁𝗮𝗰̧𝗮̃𝗼” 𝘌𝘯𝘴𝘦𝘮𝘣𝘭𝘦 𝘗𝘰𝘳𝘵𝘪𝘯𝘨𝘢𝘭𝘰𝘪𝘴𝘦 & 𝘓𝘢 𝘍𝘭𝘰𝘳𝘦𝘵𝘢 22/set | 21:00 (bilhetes brevemente)

• 𝗖𝘂𝗿𝘀𝗼 𝗱𝗲 𝗗𝗮𝗻𝗰̧𝗮 𝗕𝗮𝗿𝗿𝗼𝗰𝗮 𝗘𝘀𝗽𝗮𝗻𝗵𝗼𝗹𝗮 𝗲 𝗖𝗮𝘀𝘁𝗮𝗻𝗵𝗼𝗹𝗮𝘀 por Diana Campóo 23/set | 11:00-13h00 | 14:30-16:30 (GRATUITO)

• 𝗠𝗮𝘀𝘁𝗲𝗿𝗰𝗹𝗮𝘀𝘀 𝗱𝗲 𝗖𝗹𝗮𝘃𝗶𝗼́𝗿𝗴𝗮̃𝗼* – 𝗠𝘂́𝘀𝗶𝗰𝗮 𝗱𝗲 𝗱𝗮𝗻𝗰̧𝗮 𝗲𝗺 𝗳𝗼𝗻𝘁𝗲𝘀 𝗶𝗯𝗲́𝗿𝗶𝗰𝗮𝘀 𝗽𝗮𝗿𝗮 𝘁𝗲𝗰𝗹𝗮 𝗱𝗼 𝘀𝗲́𝗰𝘂𝗹𝗼 𝗫𝗩𝗜𝗜 𝗲 𝗶𝗻𝗶́𝗰𝗶𝗼𝘀 𝗱𝗼 𝘀𝗲́𝗰𝘂𝗹𝗼 𝗫𝗩𝗜𝗜𝗜 Por Fernando Miguel Jalôto (PAGO) 23/set | 11:00-13h00 | 14:30-16:30 24/set | 10:00-14:00

*𝘷𝘪𝘳𝘨𝘪𝘯𝘢𝘭 8′ + 𝘰́𝘳𝘨𝘢̃𝘰 𝘱𝘰𝘴𝘪𝘵𝘪𝘷𝘰 8′ (𝘵𝘢𝘱𝘢𝘥𝘰 𝘮𝘢𝘥𝘦𝘪𝘳𝘢) + 4′ (𝘵𝘢𝘱𝘢𝘥𝘰 𝘮𝘦𝘵𝘢𝘭) + 𝘳𝘦𝘢𝘭𝘦𝘫𝘰 4′; 𝘣𝘢𝘴𝘦𝘢𝘥𝘰 𝘦𝘮 𝘧𝘰𝘯𝘵𝘦𝘴 𝘦 𝘥𝘦𝘴𝘤𝘳𝘪𝘤̧𝘰̃𝘦𝘴 𝘤𝘰𝘮 𝘰𝘳𝘪𝘨𝘦𝘯𝘴 𝘪𝘵𝘢𝘭𝘪𝘢𝘯𝘢𝘴 𝘦 𝘢𝘭𝘦𝘮𝘢̃𝘴 𝘥𝘰𝘴 𝘧𝘪𝘯𝘢𝘪𝘴 𝘥𝘰 𝘴𝘦́𝘤𝘶𝘭𝘰 𝘟𝘝𝘐 𝘦 𝘪𝘯𝘪́𝘤𝘪𝘰𝘴 𝘥𝘰 𝘴𝘦́𝘤𝘶𝘭𝘰 𝘟𝘝𝘐𝘐; 𝘤𝘰𝘯𝘴𝘵𝘳𝘶𝘤̧𝘢̃𝘰 𝘥𝘦: 𝘎𝘦𝘰𝘳𝘨𝘦𝘴 𝘏𝘦𝘪𝘯𝘵𝘻 (𝘰́𝘳𝘨𝘢̃𝘰 𝘦 𝘳𝘦𝘢𝘭𝘦𝘫𝘰) 𝘦 𝘔𝘢𝘳𝘤 𝘝𝘰𝘨𝘦𝘭 (𝘷𝘪𝘳𝘨𝘪𝘯𝘢𝘭).

• 𝗘𝗻𝗰𝗼𝗻𝘁𝗿𝗼 𝗔𝗰𝗮𝗱𝗲́𝗺𝗶𝗰𝗼 Presencial e on-line (GRATUITO) 23/set | 17:00-19:00

➤ Sónia Duarte (FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, IP; CESEM – Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical da Universidade NOVA de Lisboa) – «’Não tem outro ofício mais do que dançador’: imagens de dança na pintura portuguesa dos séculos XVI a XVIII».

➤ Diana Campóo Schelotto (Centro Superior de Música del País Vasco – MUSIKENE) – “«…espero determinen Sus Magestades los Bailes que quieren…»”: La danza en las óperas de corte para Felipe V e Isabel de Farnesio (1738-1739)”.

➤ Fernando Miguel Jalôto (INET-MD: Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos de Música e Dança / Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa – Doutorando) – «Sómente advirto, que por Officio se não toquem Minuetes e contradanças vulgares…» — uma visão de intérprete sobre a dança nas fontes portuguesas de música para órgão de finais do século XVII e no século XVIII.

𝘊𝘰𝘮 𝘢 𝘤𝘩𝘢𝘯𝘤𝘦𝘭𝘢 𝘥𝘰 𝘊𝘦𝘯𝘵𝘳𝘰 𝘥𝘦 𝘌𝘴𝘵𝘶𝘥𝘰𝘴 𝘊𝘭𝘢́𝘴𝘴𝘪𝘤𝘰𝘴 𝘦 𝘏𝘶𝘮𝘢𝘯𝘪́𝘴𝘵𝘪𝘤𝘰𝘴 𝘥𝘢 𝘜𝘯𝘪𝘷𝘦𝘳𝘴𝘪𝘥𝘢𝘥𝘦 𝘥𝘦 𝘊𝘰𝘪𝘮𝘣𝘳𝘢

 

—————————————-

PORTINGALOISE – Festival Internacional de Danças e Músicas Antigas é um festival que conjuga criação/performance, formação e divulgação de trabalhos relacionados com o património coreográfico europeu do século XV ao século XIX. É promovido pela Portingaloise Associação Cultural e Artística em parceria com a Kale Companhia de Dança e o Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos da Universidade de Coimbra, e celebra em 2023, a sua 9ª Edição. Único em Portugal com essas características, privilegia a íntima relação entre a Dança e as demais artes do espetáculo no repertório antigo, este ano sob a temática das representações da dança ibérica no espaço peninsular. É composto por um Ciclo de Primavera e um Ciclo de Verão. Desde a sua 1ª edição que tem como premissa o encontro de artistas, investigadores ou simples interessados neste repertório, observando conexões disciplinares e estéticas. Constituída por artistas e professores/formadores experientes, as ações regulares propostas pela Associação, e essencialmente pelo seu Festival, procuram chegar a diferentes públicos sensibilizando-os para a preservação e fruição informada do património.

O espetáculo Do Tento à Tentação visita o repertório de dança registado em manuscritos ibéricos para órgão (Porto, Braga, Coimbra e Madrid) como pavanas, xácaras, folias ou villanos, resgatando a sua forma coreográfica e a sua presença em repertório vocal. Destaca-se o vasto registo de formas de dança que circulavam pela Europa nos séculos XVII e XVIII, sendo estas, pela sua regularidade ou pela sua variação, privilegiadas para a composição musical, constituindo um repertório sempre presente na paisagem sonora da época. Pela sua riqueza tímbrica e pela sua frequente utilização, o órgão era um instrumento comum não só no contexto litúrgico e religioso, como também no contexto secular e mundano. Propõe-se uma viagem pelo repertório partilhado entre a cultura sacra e a profana, entre o coro alto e o salão, compreendendo esta permeabilidade e mútua sedução. É uma visão única sobre a cultura ibérica, ainda com reminiscências do Siglo de Oro (séc. XVII), mas já a aproximar-se de uma sociedade mais Galant e cosmopolita do séc. XVIII.

O Ciclo de Verão do IX PORTINGALOISE – Festival Internacional de Danças e Músicas Antigas conta com o apoio do Programa de Apoio a Projetos – Procedimento Simplificado 2022 da República Portuguesa – Cultura / Direção-Geral das Artes.

—————————————-

 

FICHA TÉCNICA Direção Artística: Catarina Costa e Silva

Direção Executiva: Thiago Vaz

Produção: Daniela Leite Castro Sara Dacal

Comunicação Mayra Paolinelli

Design Gráfico Z

 

Promotor: Portingaloise Associação Cultural e Artística

Parceria: Kale Companhia de Dança, Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos da Universidade de Coimbra

Apoio: República Portuguesa – Cultura / Direção-Geral das Artes, Ginasiano Escola de Dança Armazém 22 FCT-Fundação para a Ciência e Tecnologia

 

 

IX PORTINGALOISE – Festival Internacional de Danças e Músicas Antigas 2023 | Ciclo de Verão

Data

22 - 24 Set 2023
Desde

Hora

21:00

Localização

Armazém 22
R. de Guilherme Braga 38, 4400-174 Vila Nova de Gaia
Segue a Agenda no Instagram!

Newsletter

Translate »